Thomas Jane, Laurie Holden, Frances Sternhagen

Os minutos finais do último filme de Frank Darabont são de um efeito avassalador. Fazia tempo que Stephen King não chegava tão forte ao cinema. O Nevoeiro é o terceiro longa (há um curta também) em que Daranbont vasculha o universo perturbado do escritor. O orçamento barato – o filme não parece ter vergonha disso – garantiu efeitos visuais de segundo escalão, mas mesmo que estejamos diante de um filme de ficção científica ou de terror, não é o visual o que mais importa. O Nevoeiro é um daqueles estudos do comportamento humano num ambiente de desespero.

Parece meio óbvio porque a gente já viu filmes – ou livros ou que quer que seja – com esta temática aos montes, mas Daranbont soube desenhar com destreza o precipício interno de cada uma das pessoas que Stephen King deixou presas num supermercado cercado por uma névoa que guarda o desconhecido. É neste ambiente onde se volta a um estado primário, onde surgem a política, a organização social e Deus. E ao momento em que se estabelece papéis. Quase que como em Lost, surgem, entre outros, um líder inesperado (Thomas Jane, bastante crível), uma primeira-dama forte (Laurie Holden, correta) e um oráculo (Marcia Gay Harden, deslumbrante, um de seus grandes papéis).

Todos submersos naquela que é a soma de todos os nossos medos: o que se pode fazer diante da ameaça do desconhecido? Quando o máximo que você consegue é eleger seu parceiro um inimigo num movimento de auto-defesa, não se pode cobrar um final muito feliz.

O Nevoeiro Uma estrelaUma estrelaUma estrelaUma estrela
[The Mist, Frank Daranbont, 2007]

Comentários

comentários

72 thoughts on “O Nevoeiro”

  1. o filme em si é bom

    mas o final estraga tudo, mostra o quao ignorante são as pessoas e foi o diretor… a coisa mais inesperada e mais DECEPCIONANTE!

    1. o final do filme foi decepcionante, devia ter um final alternativo no filme como no filme Evil Dead e outros que colocam no dvd finais alternativos. Mas o filme é bom tirando a polêmica do final do filme.

  2. Acompanho o seu trabalho no blog. Acho que sabe das dificuldades de montar um Festival de Cinema e divulgá-lo com pouco recurso. Portanto,proveito este espaço para comunicar a 5ª edição do Panorama Intercional Coisa de Cinema que acontecerá em agosto na cidade de Salvador/BA.
    O Festival está com as inscrições abertas para Mostra Competitiva até o dia 31 de maio. Informações no site http://www.coisadecinema.com.br/hotsite.
    Entre os nomes confirmados para o Festival estão os de Beto Brant para o júri. Virão lançar seus filmes José Luís Guerin (la ciudad de Sylvia) e Andrea Tonacci (Serras da desordem.

    Obrigada.
    Carol

  3. Chico, deu vontade de ler o livro. Arrebatador. Eu comecei assistindo sozinho, daí meu irmão veio e no final, éramos 5 no quarto. Stephen King, vez ou outra, ainda rende bons filmes, né? E o final é fantástico.

  4. Adorei o filme. Escrevi sobre ele e achei que o mais aterrorizante não eram os insetos, mas aquilo que eles representavam, a falências das categorias humanas — de sorte que essa ordem precisa ser restabelecida pela via (arbitrária) da religiosidade.

    Isso abre espaço pra subjetividade e pros abusos que marcam a história das religiões, enfim, a história humana.

  5. Muito bom, melhor filme que assiti este ano.
    Final mato a pau, mestre Stephan sempre com seus finais surpreendentes.
    100% Recomendado!

  6. Muito bom o filme, sendo que não fui muito a favor do final, + por outro lado um final com um aproveitamento imenso.
    Só não posso espicificar pq se não conto o final!
    xD
    + resumindo um ótimo filme!

  7. Como sempre, mais uma excelente história de King. Com certeza já consta na minha lista de um dos melhores filmes do ano. RECOMENDADO.

  8. o filme eh si em muito bom ,mas realmente esse final é muito tragico e primitivo……uma outra adpatção poderia ter sido melhor…… só o final estragou……..

  9. O filme me fez pensar em muitas coisas que eu não tava me dando conta ultimamente, de como tudo num piscar de olhs pode mudar ( com um botão o mundo acaba não é? ou com duas bombas A), dai só mostra que depois de sair do cine a primeria coisa é beijar quem a gente gosta e colocar a vida realmente em primeiro plano.

  10. O filme “O Nevoeiro” me surpreendeu em vários aspectos. Não costumo gostar das adaptações feitas dos livros do Mr. King mas essa foi excelente. As cenas e diálogos que se passam dentro do mercado trazem conteúdos para muita reflexão. O que fazer numa situação limite.Ser racional? Ser pacional? Apelar para o mítico?
    Qto ao final, vejo que há divergências de opniões. Para mim ficou a idéia de que coragem não é sinônimo de sucesso. Somos produtos de nossas escolhas mas não há garantia de acertos. Final aterrador… …

  11. Excelente filme, com iluminação primorosa (quando apenas os holofotes estão acesos no supermercado) e o foco do roteiro mais no aspecto da fragilidade das relações humanas do que no horror que os cerca. Na verdade, o verdadeiro horror está dentro dos supermercados (talvez por isso os monstros não se atrevam a entrar, embora tenham força para tanto).

    O final não poderia ser de outra forma, sob pena de virar mais um final babaca hollywoodiano. É impactante e devastador. Quem não gostar dele, não pode ter gostado do filme (ou não vive no Brasil…). Concordo 100% com o que disse Marcelo Lovato sobre isso.

    Depois de O Iluminado, essa é a melhor adpatação de King. Deveriam fazer sessão dupla dele nas igrejas evangélicas.

  12. Assisti ontem ao filme. Ainda estou sob o efeito devastador daquele final. Quem não gostou, não entende nada de política. Aquele supermercado representa a América consumista de Bush e seus ultra-direitistas, que levaram o país a este atoleiro em que se encontra hoje, sob a desculpa de uma pretensa guerra santa contra o terrorismo (no caso, os “monstros”). No final das contas, vale o antigo ditado: “se ficar, o bicho pega, se correr…”. Como sempre, Daranbont arrasa fazendo um King de ótima safra. Palmas para ele. Será que a Academia, desta vez, vai se redimir dos dois Oscares que ele não ganhou antes?…

  13. Olá! ainda bem q sou persistente, queria mto ver esse filme no cinema E VI! me segurei pra nao baixar enquanto nao passasse a data de estreia aqui e pudesse confirmar se ia ou nao estrear so em DVD, ainda bem q esperei! Amo O king, seu livros são ótimos! amo esse conto e em filme nao perdeu nada! simplesmente perfeito, qm acha o final ruim é pq nao entendeu a temática da história e é daqueles q se ilude com finais felizes!

  14. O que me tornou fã da Literatura do Stephen King é justamente a imprevissibilidade de todos os seus livros, nem todos os livros do king tem como ir para o cinema e passar a mesma emoção, porem O nevoeiro superou as minhas expectativas, minha esposa xingou muito por causa do final, eu particularmente amei….Enfim fica uma boa dica de quem gosta de algo inesperado no meio de tanta mesmise. E fica o que eu sempre falo Stephen King ou voce ama ou voce odeia.

  15. Eu estava adorando. Mesmo. O diretor foi muito feliz nas jogadas de câmera, com planos às vezes nem tão curtos como é comum no suspense. Sequências longas de momentos de tensão também estavam colaborando, e a maquiagem é muito eficiente. Todos os enquadramentos colaboravam pra imersão total na história do filme. Até que chegou o final e pra mim, ali o filme perdeu pontos importantes. Não acho que o final mostre coragem, mas somente fraqueza e desespero. O personagem David foi um cara inteligente o tempo todo. Para chegar ao ponto de tomar a atitude que tomou deveria no mínimo ter esperado um momento em que fosse realmente necessário. Enquanto isso, nada os impedia de ficar lá esperando, relativamente protegidos, conversando e deixando o tempo passar. Valorizo as questões políticas e religiosas que ele abordou, mas creio que foi tudo por água abaixo com aquele final brutal e banal. Não recomendo.

  16. Vi hj e o filme é mto bom.
    O final é ótimo !
    É incrível como existem pessoas que gostam de um filme e se aparece um final que não concorda, já passa a não gostar do filme… nunca entendi esse tipo de pensamento.
    Já eu gostei do filme e ainda mais do final. Isso aqui não é conto de fadas não.

  17. Filme sensacional… tem muita gente que não gostou do filme…. porem n sabem ver nas entrelinhas… e o final?? ruim?? Achei um dos mais geniais que já vi em toda a história do cinema… realmente é chocante e revoltante.

  18. Sou fã de carteirinha do Stephen King. Este conto (O Nevoeiro) faz parte de uma coletânea chamada: “Tripulação de esqueletos”, que é ótimo. Stephen King não é conhecido por “finais felizes” em suas obras, na verdade bem poucas os tem. Ocorre que nesta adaptação, que tem 95% de fidelidade ao original, o finalzinho é diferente, mas aindanão sei se é da cabeça do diretor ou se houve participação de King. Prefiro o livro. Recomendo os dois (filme e livro).

  19. Chico na minha cidade estreio sim nos cinemas, ainda está em cartaz, Uberlandia, MG. E o final foi super ótimo, e agora eu pergunto pra galera, a cidade do nevoiro é aquela em que Na Torre Negra, Roland desce do trem Blaine, uma cidade e supermercados desertos ??

  20. Ridículo, medíocre, besta, trash..será q esqueci algum fabuloso adjetivo? Gente me senti uma idiota assistindo. Olha o filme é uma bela porcaria, porcaria, p-o-r-c-a-r-i-a. O nevoiro em si já é uma grande viagem, pra quê raios eles existe? É incrivelmente ridículo!

  21. Bom, li o conto antes de assitir o filme. o filme até te dá algumas explicações, mas o livro me deixou inquieto, querendo respostas, acho que um pouco disso que o autor queria.
    No livro não tem um desfecho, fica a critério do leitor.

  22. O nevoeiro é uma metáfora de como estava opaca e confusa a visão de David…e os monstros uma forma de o diretor passar a sinestesia (dos sentimentos do protagonista para o expectador? quando as coisas se exclarecem o nevoeiro some…todas as cenas anteriores são ilustrações dos conflitos interno de David tanto morais quanto religiosos. nada ocorreu, apenas o final

  23. E quanto aos desfechos; nunca esperem isso das histórias de Kings. Assistao Pesadelos e Paisagens Noturnas que é a mini série feita de contos dele. A marca nos filmes dele são sempre a ironia e o final em aberto.

  24. Concordo plenamente com o que o Marcelo Lovato escreve:

    “Qto ao final, vejo que há divergências de opniões. Para mim ficou a idéia de que coragem não é sinônimo de sucesso. Somos produtos de nossas escolhas mas não há garantia de acertos. Final aterrador… … “

    Não poderia ter colocado melhor. Eu gostei muito do filme como um todo (coisa rara em se tratando de uma adpatação do King – cujas obras sempre prometem mundo e fundos, apresentam uma trama maravilhosa, mas sempre derrapam no final) ainda que tenha ficado evidente em alguns trechos uma certa ‘literalidade’ a obra, com algumas falas bobocas e trama sustentada por um único viés (coisa tipica do King), mas os atores – em especial a Marcia Gay Harden que está espetacular nesse filme – tiram isso de letra e não chega a comprometer.

    Filmão de terror que me deixou – relembrando – meio mortificado com seu bruto final. Não podia ser diferente, não mesmo.

  25. Teve um ai que falou que o filme é arrebatado. Certo? O filme vai arrebatar vcs todos para o inferno. Um bando de debiloide, principalmente este tal de Chico. Ser o oposto não quer dizer que seja maravilhoso. Mas como vcs pessoas sem simplicidade, precisão sempre de algo mais. só Lamento.

  26. Gosto muito do escritor stephen king, mas devo mencionar que fiquei muito decepcionada com o final do filme, creio que deveria ter sido menos chocante. Até agora não consigo esquecer… nota 0.

  27. Faço coro aos demias.

    Mas o final… Puxa vida, de que adiantou ele ter feito tudo aquilo?

    Pra quê?

    Eu não conseguiria viver com a culpa que aquele cara terá de carregar para sempre…

  28. Muito boa adaptação de um conto Stephen King. John Carpenter já havia adaptado o mesmo conto no filme A Bruma Assassina, mas O Nevoeiro é melhor que o longa do Carpenter e, sem dúvida, superior a obra que lhes deram origem.

  29. Achei um otimo filme claro algumas partes da história ficarao entre abertos como o nevoeiro os monstros eu entendi eu só não entendi da onde saiu o nevoeiro se foi do mesmo lugar da onde saiu os montros ou se foi os proprios monstros que criarao(o que eu duvido muito aposto na opção de que veio do mesmo lugar que os monstros) mais tudo bem.

    Em relação ao final achei bom o final mostra bem a realidade humana nos humanos nos achamos seres civilizados e inteligentes até que somos mas em momentos de dessespero e medo nos ficamos tao civilizados quanto o homem de neandertal acreditamos em qualquer um que prometa uma salvação (como no filme fala)ficamos burros e acabamos fazendo escolhas erradas na vida real o final poucas vezes é feliz. Por isso achei um bom filme com um bom final

    Não achem que eu sou pesimista só sou realista.

  30. Sensacional esse filme! Prende do começo ao fim, não tem uma cena chata, tudo interessa, os atores estão ótimos.Suspense para ninguém botar defeito. O final é terrível, assustador, mas ninguém pode saber o que faria naquela terrível situação-limite. Nota 100!

  31. Ainda vou dar mais uma chance pra esse filme.

    Odiei. Me irritei MUITO com esse filme, tudo.

    Tentáculos, ‘O Portal’ que o governo estava construindo, os atores, a velha religiosa, o modo como as pessoas são dominadas por ela é o máximo (irônico), o jogo de emoções do filme É FANTÁSTICO, isso eu digo.

    O final… é estupendo.

    Não estou sendo “do contra”, eu mesmo achei estranho ter odiado, quando praticamente todos que conheço gostaram.

  32. pelo que eles fizeram,tanto lá dentro quanto lá fora do mercado,no final fica aquela sensação,espera mais uns minutinhos….(deu vontade de chorar)

  33. Filme muito intrigante e com fatos que não são totalmete impossíveis de acontecer (hoje em dia). Que vontade que dava de estrangular aquela beata. Pior queexistem tipos como o dela, que se acham no direito de julgar as pessoas. Apenas os outros estão errados. Porrada nela.
    Excelente o final então, nada previsível

    O final não é igual ao do livro.

  34. Já li e já vi tudo de Stephen King, o filme em si é legal, te preende, mas o final fala sério em, eu odiei…foi uma mistura de ódio e nostálgia, nem sei bem explicar, fiquei parada, estática, o diretor deve ter tomado todas rsrsrs.

  35. Final Decepcionante, Estraga todo o filme… faz voce pensar que perdeu o seu tempo, nao justifica tanto esfroco o filme todo… o filme inteiro ocorre bem mas pare de assisir antes quando eles param o carro…

  36. O inicio do filme é barra aguentar, pois é muito chato, mas o final realmente foi inesperado, intrigante, excelente, chega até ser cômico depois de ver mais de uma vez seu fim, pois ocorre um FAIL estrondoso do ator principal no final.
    Melhor q esse só o Hot Rod. kkkkkkk

  37. O filme é ótimo.
    Cumpre o seu papal, ou seja, passa o que realmente quer passar.
    Uma pena algumas pessoas não conseguirem “pegar” isso, ficam presas ao “filme” esperando um início, meio e final feliz e não conseguem identificar o conteúdo.
    Parabéns ao diretor e principalmente às pessoas que gostaram.

  38. Decepcionante o final do filme…No conto para quem não sabe,o nevoeiro não some de repente,o conto termina com o protagonista deixando uma carta em que ele relata o que ocorreu,deixando o final aberto.

  39. Eu sempre gostei muito de finais nao obvios. Tendo como exemplo outra adaptaçao de Stephen King, Cujo, gostei muito mais do final do livro do que do filme. O contrario acontece em O Nevoeiro. O filme faz com que o conto, de final obvio, se torne muito mais interessante.

  40. puts me arrependi de ver o filme e d+ so que no final estraga tudo… eu esto com uma angustia com aquela vontade de chorar de tanta tristesa qualuqer final podia ser melhor…

  41. Aff, vcs são frescos demais. Detestar o filme por causa do final ? Achar que nada valeu a pena ? É um filme, gente, caramba ! O filme é muito bom, e o final imprevisível e por isso mesmo, ótimo. Se liguem, deixem de ser frescos, a mulherada eu até entendo, algumas não captam, e levam pro lado pessoal, mas homem ? Fala sério.

  42. Sinceramente, se querem final feliz, vão ler contos de fadas… o filme é ótimo e tem um dos finais q o cinema tava precisando hoje em dia, o inesperado… Ai vem um bando de marmanjo dizer que o filme é ruim, que o final estragou… ah vão se catar, parecem umas bixinhas, vão assistir Barbie que é melhor pra vocês.

  43. Gente não conhecia o autor/diretor do filme mas agora virei fã acho que quem fala mal é porque não entende nada e o filme é simplesmente inesquecivel e irreal
    o modo como o King representou a “humanidade” foi simplesmente surreal este filme mexeu comigo e o final impressionante alem de me chocar me emocionou e me fez chorar serio o filme me fez chorar eu so tenho que elogiar esse trabalho que foi na minha opinião mais incrivel que harry potter e crepusculo juntos esse filme pode ser ruim para alguns mas para os bons entendedores do cinema esse filme e surreal ahh manda um hello para os “minerim” de betim

  44. SENSACIONAL!! Tudo !! As falas. Muito bem ditas

    os conflitos internos
    me supreendi
    foi o melhor RS 4.50 da locadora que paguei

    quanto ao final eu acho que quiz mandar uma mensagem que nun “nevoiro” de emoçoes ou conflitos os seres humanos viram uma raça extremamentre primata

    FILME 10!!

  45. Otimo filme excelente!!!! Final primoroso….E o monstro que passeia pelas telas no final tb hein….Lindo estilo lovecraft!!!!!! Melhor adaptação ja feita dos filmes dele!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *