O Quinto Império – Ontem como Hoje

O Quinto Império

A capacidade de Manoel de Oliveira como criador é evidente em O Quinto Império – Ontem como Hoje. O filme que se empenha em contar o que aconteceu antes do desaparecimento misterioso de Dom Sebastião, rei de Portugal, é de uma excelência plástica impressionante. Oliveira não move a câmera em cada cena e é rígido na marcação de seus atores, quase hermético. Seu texto, apesar de ser circular e por vezes repetitivo, ganha força nas belas interpretações do sobrinho Ricardo Trêpa e de Luis Miguel Cintra. Se não se arrisca a entregar uma conclusão mais imediata para a história, Oliveira percorre um caminho tão realmente belo que isso não chega a ser tão importante.

O Quinto Império – Ontem como Hoje EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
[O Quinto Império – Ontem como Hoje, Manoel de Oliveira]

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *