Parecia que seria uma comédia romântica, mas não é. O Último Beijo é uma colcha de retalhos de pequenas histórias – no melhor estilo de Robert Altman – onde ninguém está feliz. Num grupo de quatro amigos, acompanhamos brigas matrimoniais, traição, desespero para retomar uma relação, fuga. Paralelo a isso, uma adolescente apaixonada, uma futura avó em crise conjugal, uma família onde ninguém se entende. O galã (e bom ator) italiano Stefano Accorsi lidera o elenco, que se destaca com interpretações simples e boas. A dona de casa infeliz de Stefania Sandrelli, o apaixonado abandonado de Carlo Santamaria e a surpreendentemente forte Giovanna Mezzogiorno (Giulia, namorada/esposa de Accorsi no filme) são os melhores em cena. O que mais impressiona no filme do italiano Gabriele Muccino é que ele nunca cai no lugar comum. As situações, exploradas a esmo em qualquer tipo de ficção, ganham contornos reais e emaranhados. A vida não é fácil. Estar pronto para as mudanças que ela traz (e não avisa) não é tão simples assim.

O Último Beijo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha½
[L’Ultimo Bacio, Gabriele Muccino, 2001]

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *