Os IniciadosO filme começa bem interessante, mas apostando muito no exótico, o que invariavelmente aconteceria quando se escolhe abordar tradições, rituais e ritos de passagem. Mas, aos poucos, dá a real dimensão do sentimento entre os personagens, muito mais complexos do que uma relação abusiva e de mão única, como pode ficar sugerido, e que o roteiro descreve bem. Retrata com alguma desenvoltura a tragédia do protagonista, preso a uma relação obsessiva que é sua única aposta para a felicidade. O grande pecado é a solução final de roteiro, encontrada para deixar claríssimo o que já havia sido construído dolorosamente ao longo do filme. A essa altura, o espectador já havia entendido o personagem como um todo e o desfecho banaliza o que se havia conseguido até então.

Discutimos Os Iniciados nesta edição do Cinema na Varanda.

Os Iniciados EstrelinhaEstrelinha½
Inxeba, John Trengrove, 2017

Comentários

comentários

Deixe uma resposta