Pai e Filho

As imagens parecem ser a preocupação primeira do cinema do russo Aleksandr Sokurov. A polêmica cena que inaugura este filme, a insinuação do incesto, é de uma beleza ímpar, construída a partir de uma câmera tão colada aos corpos que os movimentos deturpam texturas e inventam novas plasticidades e significados. O que incomoda, mais do que a tensão sexual que vira palavra de ordem para tudo o que segue, é a disposição de Sokurov de filmar tudo tão esplendidamente bem, de fazer pintura na tela.

Mesmo que esta obsessão já existisse em outros filmes do diretor, inclusive na obra-prima Arca Russa (2002), aqui ela parece ocupar ainda mais espaço, deixando a história da relação de pai e filho de certa forma sufocada e a serviço dos objetivos estéticos do diretor. Não que o filme não funcione: há cenas belíssimas, como o duelo sobre a tábua que liga o quarto do filho à casa do vizinho ou o diálogo através da janela, com tantos cortes e movimentos que causa chegaram a me incomodar. E se o filme, à primeira e mais reduzida vista, é um filme sobre amor incestuoso, aos poucos ele se revela um filme sobre amor. Delicado, mas viril.

Pai e Filho EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha½
[Otets i Syn, Aleksandr Sokurov, 2003]

Comentários

comentários

5 thoughts on “Pai e Filho”

  1. O bizarro é que o diretor cansou de dizer em entrevistas que não tem incesto nenhum do filme, que tudo isso é alucinação das mentes pervertidas ocidentais. Pessoalmente, acho que quem tá alucinando é ele. Aliás, esse filme eu acho uma chatice só.

  2. Bom, no meu caso tenho uma certa curiosidade de ver esse filme, dizem que Andrej Shetinin é ótimo! Adoraria ver ‘Arca Russa’, espero encontrar onde moro. Chico, você pediu meu e-mail, aqui: esprimo@ig.com.br

  3. Do pouco que conheço (apenas dois filmes: ‘Arca russa’ e ‘Moloch’), gosto muito do cinema de Sokurov. Daí a minha curiosidade em torno de ‘Pai e filho’. Aguns amigos me falaram muito bem dele; sua análise reforçou a minha vontadeem vê-lo. Abração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *