Um filme menor de Fernando León de Aranoa? Talvez na comparação com o belíssimo Segunda-Feira ao Sol, este Princesas saia perdendo. Ainda assim, o filme promove uma visita carinhosa ao universo das putas. O diretor-roteirista é bem feliz ao compor suas personagens, sabendo dar textura a dramas banais e transformando eventos-clichê em material suficientemente original para promover envolvimento.

A câmera é trêmula, mas parece que agora os operadores souberam usá-la sem exagero, na medida certa, dando forma à inquietação das personagens. O filme é embalado pela canção-tema de Manu Chao (‘Calle’, “rua” em espanhol e também o nome da protagonista). Esta, por sinal, é uma das melhores do ano. O elenco é um capítulo à parte. Se Micaela Nevárez é uma promessa, a interpretação de Candela Peña, grande atriz, conduz a puta triste à liberdade.

Princesas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha½
[Princesas, Fernando León de Aranoa, 2005]

 

Comentários

comentários

5 thoughts on “Princesas”

  1. Chico, meio fora do tópico essa minha pergunta, mas de repente vc pode me ajudar: vi q vc assistiu o “EUA contra John Lennon”. Como vc assistiu?

    Tô desde o ano passado esperando esse filme no cinema, e nada! Pior, nem em locadora tem esse filme. Afinal, vai chegar aqui no Brasil ou a gente tem de baixar da internet?

  2. Também bem fora do tópico:
    Eu faço faculdade de cinema aqui em porto alegre, e sempre que eu pesquisava algum filme ou diretor pra trabalho, caia no teu blog.
    Muito tri a tua página, guri.
    Parabéns

  3. JV, assisti ao filme durante a “Mostra de Cinema de SP”, no ano passado. Não sei dizer se ele vai ser lançado nos cinemas ou em DVD. No emule, deve rolar fácil.

    Brigado, Maria Clara. Volte sempre que quiser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *