Tag: François Ozon

Jovem e Bela

A adolescência é um período cheio de mistérios e François Ozon decidiu respeitá-los em seu último filme. Em vez de procurar desvendar estes enigmas, o diretor prefere usá-los para seduzir o espectador. A estrutura de Jovem e Bela, dividido nas quatro estações de um ano, não acrescenta muito a esta investigação sobre a sexualidade juvenil, […]

O Refúgio

Para o bem e para o mal, François Ozon talvez seja o mais versátil diretor do cinema francês atual, transitando por gêneros e formatos com imensa habilidade, mesmo que nem sempre os resultados sejam completamente bons. O Refúgio é um filme que se encaixa nessa definição, mas isso não deveria desanimar ninguém. Depois de uma […]

Ricky

O novo filme de François Ozon parece não ter fim e este parece ser o maior presente que criador dá a sua criatura. O cineasta preferiu insinuar o destino de seu personagem-título, um bebê com características que o tornam especial diante de todos os outros, deixando a palavra (ou a imaginação) final sobre o destino do […]

Angel

Se existe algo valoroso a se dizer sobre Angel é como o filme de François Ozon é radicalmente fiel a seu projeto. Em seu mais arriscado trabalho até então, o cineasta comprou um “pacote fechado” e se dispôs a fazer seu novelão kitsch sem quaisquer concessões, uma versão audiovisual daqueles romances femininos de banca de revista (Julia, Sabrina e Bianca). […]

Amor em Cinco Tempos

Tem muita gente que não se cansa de atacar o cinema de François Ozon. Cinema competente, quase sempre. As cinco cápsulas que contam a história de um casal do fim para o começo (idéia nada nova, mas bem executada) são pontuadas pelo habitual amor do diretor pelo kitsch, encarnado desta vez em músicas italianas bem […]