31 filmes


1 Aurora (1927)
de F. W. Murnau


2 Gritos e Sussurros (1972)
de Ingmar Bergman


3 Onde Começa o Inferno (1959)
de Howard Hawks


4 Intriga Internacional (1959)
de Alfred Hitchcock


5 Era Uma Vez no Oeste (1968)
de Sergio Leone


6 Amarcord (1973)
de Federico Fellini


7 Elefante (2003)
de Gus Van Sant


8 Apocalypse Now (1979/2001)
de Francis Ford Coppola


9 Os Incompreendidos (1959)
de François Truffaut


10 Este Mundo é um Hospício (1944)
de Frank Capra


11 Cantando na Chuva (1952)
de Gene Kelly e Stanley Donen


12 O Marido da Cabeleireira (1990)
de Patrice Leconte


13 O Poderoso Chefão – 2ª Parte (1974)
de Francis Ford Coppola


14 Tempos Modernos (1936)
de Charles Chaplin


15 Janela Indiscreta (1954)
de Alfred Hitchcock


16 A Noite (1960)
de Michelangelo Antonioni


17 Nós que nos Amávamos Tanto (1974)
de Ettore Scola


18 Um Corpo que Cai (1958)
de Alfred Hitchcock


19 A Paixão de Joana D’Arc (1927)
de Carl Dreyer


20 Cidadão Kane (1940)
de Orson Welles


21 Filho Único (1936)
de Yasujiro Ozu


22 A Regra do Jogo (1939)
de Jean Renoir


23 Crepúsculo dos Deuses (1950)
de Billy Wilder


24 Interiores (1978)
de Woody Allen


25 Antes do Pôr-do-Sol (2004)
de Richard Linklater


26 Morangos Silvestres (1957)
de Ingmar Bergman


27 Flor do Equinócio (1958)
de Yasujiro Ozu


28 2001 – Uma Odisséia no Espaço (1968)
de Stanley Kubrick


29 Um Gosto de Mel (1961)
de Tony Richardson


30 Blade Runner (1982)
de Ridley Scott


31 Conta Comigo (1986)
de Rob Reiner

Comentários

comentários

33 thoughts on “”

  1. Não sou capaz de fazer uma lista dessas, mas, se eu fizesse, com certeza entrariam: Magnólia, Marca da Maldade, Demônio das Onze Horas, Vertigo, Pulp Fiction, 2001, Taxi Driver, Manhattan, Embriagado de Amor, Era Uma Vez na América, entre outros.

    Não sabia que você gostava tanto de Elefante.

  2. Não sabia que Antes do pôr-do-sol já tava com essa banca toda pra vc… e eu não vejo nada demais em Janela indiscreta. Mas a lista tá bonita – embora eu não tenha visto metade dela. Alguma motivação especial?

  3. Se meus dois neurônios que me sobraram depois da noite sem dormir me permitem, deduzo que foi teu aniversário, isso? E que tu fez 31, isso? Parabéns, velhinho. Deduzo também que teu filme preferido dos anos 90 é o Marido da Cabelereira, isso?

  4. Caro Chico, recentemente criei um blog que à princípio contem críticas de alguns filmes assistidos recentemente. http://lovecine.blogspot.com
    Parte dessas críticas saíram em sites relacionados ao cinema como no adoro cinema e cinema em cena.Fui procurando no blogger outros blogs que continham matérias sobre cinema do qual sou grande apressiador e encontrei o seu que a princípio me parece muito bom, principalmente se formos levar em conta a qualidade e o tempo dos filmes em questão.
    Analisando sua última postagem pude perceber que boa parte dos filmes, esses (31), foram por mim assistidos. Por exemplo, concordo que Aurora figure entre os melhores filmes de todos os tempos, levando em conta de que se trata de um filme mudo, com fotografia soberba e história bem construída, com recursos cinematográficos bem utilizados, e um tema atemporal como Murnau comenta nesse filme. No entanto, para figurar em primeiro lugar da listagem (se vc pretendia colocar os melhores filmes) seria um gosto pessoal seu, já que, visto por esse lado, o martírio ou processo de Joana D’ark de Dreyer é insuperável em termos dramáticos e cinematográficos até hoje. Recomendo que vc assista (se é que já não assistiu), Dias de Ira (Dreyer) e Persona (Bergman) duas verdadeiras preciosidades de qualquer cinemateca. Por outro lado, seria difícil numa lista de 31 uma escolha selecionada visto que o crescimento exponencial das produções cinematográficas impedem que vc se mantenha sempre atualizado com o que já foi produzido e o que está saindo recentemente em filmes (de todo o mundo). Saio daqui deixando meu abraço e parabenizações ao seu BLOG. Viva o CINEMA!

  5. Bem, como qualquer lista, esta é pessoal, então, como eu sou o autor dela, devo discordar e dizer que eu acho “Aurora” muito melhor do o filme do Dreyer, que também é genial e está na lista. Vi “Persona” e gosto bastante, mas prefiro os dois que estão aí. “Dias de Ira”, não vi. Outro Dreyer que vi recentemente foi o belíssimo “A Palavra”, na companhia impagável do Marcelo V. e da Ana Paul.

    Legal seu blogue, Rony. Só não entendi uma coisa: vc falou que as críticas saíram em sites. São textos seus para os sites ou textos de outros?

    Um abraço.

  6. Seus dois neurônios estão certos, Milton. Obrigado. Quando a “O Marido da Cabeleireira”, ele entrou na minha lista dos 90, sim, mas não foi o primeiro lugar. Lá, além do gosto pessoal, tentei colocar alguns filmes que eu considero fundamentais para o cinema da época. Filmes de que eu gosto muito, claro.

  7. Marcelo, mudo assim que mexer no blogue.

    E assino embaixo do que vc disse sobre o “Janela Indiscreta”. É um filme sobre cinema, inclusive, Marvin. A motivação, o Milton deduziu.

    Ed e Layo, valeu. Tobey e Ana, obrigado.

  8. Acabei de escrever sobre um filme do Hawks lá no blog, Chico.

    Curioso a inclusão de INTERIORES do Woody na lista. Não sabia que vc gostava tanto do filme. Entre os bergmanianos, prefiro A OUTRA, mas esse também é lindo, além de ter uma fotografia maravilhosa.

  9. Respondendo sua pergunta. São meus próprios textos. Com minha assinatura. Rony Fernandes. Inclusive nesses sites “adoro cinema” “cinema em cena” todas postagens minhas contém meu email que é o mesmo. A data também da postagem, logo, as impressões cinematográficas são minhas! Valeu pela pergunta.

  10. Mesmo discordando de dois ou três títulos (ou seriam quatro ou cinco?), trata-se de uma bela seleção de filmes. Parabéns. No próximo ano, em março, completarei 50 anos de regitros cinematográficos, iniciados quando eu tinha 13 anos, em 1956, no interior do Rio Grande do Norte. Pretendo, então, fazer uma página especial para o Balaio. Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *