Categoria: Mostras

É Tudo Verdade 2020

Atravessa a Vida ★★★½ idem, João Jardim, 2020 Talvez “Atravessa a Vida” não traga novas discussões ao debate sobre a educação no Brasil, especialmente no Nordeste, mas logo depois dos primeiros depoimentos fica claro que o foco de João Jardim está muito mais em quem são aqueles estudantes e professores (e que histórias eles carregam) […]

Festival de Gramado 2020

Um Animal Amarelo ★★★ idem, Felipe Bragança, 2020 Felipe Bragança não parece em paz. Como muitos brasileiros, o cineasta sentiu bastante as transformações políticas pelas quais o país passou nos últimos anos. E se, por um lado, “Um Animal Amarelo” seria um relato desse incômodo e um pedido de desculpas por não ter se envolvido […]

In-Edit Brasil 2020

A versão online do In-Edit possibilitou que um público bem mais amplo do que o convencional tivesse acesso a uma infinidade de documentários musicais de vários lugares do planeta. O destaque da edição de 2020 foi mesmo para a seleção brasileira em competição. Pelo menos três grandes docs concorriam ao principal prêmio do festival, os […]

A Nossa Espera

A Nossa Espera ½ Nos Batailles, Guillaume Senez, 2018 Há filmes sobre eventos bem concretos e há filmes sobre as coisas invisíveis que nos cercam. Esses falam sobre nossas relações, sobre o que nos une, nos aproxima e nos afasta do outro. Preferem, em primeiro plano, mergulhar nos personagens, analisar suas escolhas, sonhos e frustrações. São […]

Mostra de Cinema de São Paulo 2018

A 42ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo chegou ao fim e o filme francês Amanda, de Mikhaël Hers, foi o meu favorito entre os mais de sessenta títulos que vi neste ano. O longa não ganhou muitos prêmios, mas trata com tanta delicadeza de um tema tão difícil de ser materializado […]

Mostra de Cinema de São Paulo 2017

Vou concentrar neste post, que vai ser atualizado até o fim da Mostra, os textos que eu escrever sobre os filmes que fazem parte da programação do evento. Vazante [Vazante, Daniela Thomas, 2017] Muito barulho por nada é a melhor frase para definir Vazante. O filme que despertou discussões tão barulhentas no Festival de Brasília […]

Olhar de Cinema 2017

Foi meu segundo ano no Olhar de Cinema, em Curitiba, e o festival já me parece um dos mais interessantes realizados no Brasil, sem dever nada ao que se promove no Eixo Rio-São Paulo. Entre os principais destaques desta edição, estava uma mostra realmente espetacular dedicada ao alemão F.W. Murnau, que sob a curadoria de […]

Mostra SP 2015: meu diário de bordo – post 11

Um Caminho para Dois  [Two for the Road, Stanley Donen, 1967] Um Caminho para Dois, de certa forma, resume os anos 60, trazendo para o seio de Hollywood uma visão libertária do amor, das relações e do casamento. A máscara é de comédia maluquinha, mas o filme abre um debate profundo sobre assuntos muito sérios. Audrey […]

Mostra SP 2015: meu diário de bordo – post 10

Aliança do Crime [Black Mass, Scott Cooper, 2015] Aliança do Crime é tão artificial quanto a maquiagem incômoda que Johnny Depp carrega durante todo o filme. Falta a Scott Cooper a grandiosidade que um Coppola consegue emprestar a sua obra ou a intimidade com que Scorsese investiga os laços entre os mafiosos. Depois de mais […]

Mostra SP 2015: meu diário de bordo – post 9

Os Campos Voltarão [Torneranno i Prati, Ermanno Olmi, 2014] Um soldado canta do alto de uma trincheira. Sua voz poderosa, que cruza os campos num raro momento de paz no front, ganha elogios de seus inimigos, que pedem mais uma. É assim, com este absurdo de guerra, que Ermanno Olmi inicia seu novo filme, que […]