Tag: 2004

Clean

Os inconformados vagam pelo mundo buscando um lugar, uma pessoa, um motivo. Em suas caminhadas, esbarram em verdades provisórias, ninhos temporários, alentos pouco duradouros. Mas seriam eles os que estão certos? Os que não se satisfazem com os imediatismos, as prisões formais, as molduras? Os que – a despeito de outros que se apegam a […]

Confidências Muito Íntimas

Tudo o que acontece entre quatro paredes costuma sempre chamar muita atenção. Em Confidências Muito Íntimas, o casamento em crise leva Sandrine Bonnaire a um psicanalista que não é exatamente um psicanalista. A troca de personas, a princípio, parece bem interessante, mas logo Patrice Leconte, que já foi tão bem-sucedido ao falar de amor em O […]

Tentação

Ainda não sei o que pensar desse Tentação. Fica na corda bamba entre o mais-do-mesmo dos filmes sobre relacionamentos e um obra com algo a dizer a partir de uma pequena história sobre adultério e troca de casais. Há aquele clima interiorano, cenário perfeito para que os dramas particulares de um casamento ganhem imensas proporções […]

Whisky

O bilhete que Marta entrega para Herman em Whisky pode, muito provavelmente, conter as mesmas palavras ditas por Bob Harris no ouvido de Charlotte nos minutos finais de Encontros e Desencontros, de Sofia Coppola. Palavras secretas que adjetivam conceitos como identificação, envolvimento ou mesmo amor. Palavras que deverão permanecer guardadas para sempre. A transformação interna de uma pessoa […]

Reencarnação

Reencarnação é um filme estranho. Estranho porque não faz força alguma para explicar seu próprio mistério e porque se dedica a trabalhar com suas repercussões. A escolha desta linha revela uma narrativa bem mais interessante do que a que era insinuada. A atmosfera é muito mais de investigação psicológica de que de thriller sobrenatural. E […]

O Fantasma da Ópera

Joel Schumacher é um diretor inconstante. Se conseguiu o mérito de realizar um filme delicioso como Por um Fio, foi o responsável por ridicularizar o Batman em dois filmes intragáveis que enterraram por um tempo a vida do homem-morcego nos cinemas. Asssumidamente gay, Schumacher encheu o herói de cores e brilhos – e deu motivo […]

Ray

Se existe um mérito na biografia cinematográfica de Ray Charles é justamente mostrar sem muitos pudores o músico como junkie e com certas doses de mau caratismo. Ray, de Taylor Hackford, supreende porque foi concebido e desenvolvido enquanto seu retratado ainda estava vivo – o próprio Ray Charles participa do filme com novas gravações. Assim, […]