Exceto pelos voos de drone por cima de Istambul, Gatos não tem qualquer diferencial em relação a outros documentários sobre animais. Os letreiros iniciais prometem que a relação, que o filme chama de essencial para traduzir o “caos”, entre os bichanos e a cidade vai ser explorada ao longo desta uma hora e vinte minutos de flagrantes domésticos dos animais que só não são iguais aos que você encontra no YouTube (que, por sinal, bancou o filme) pelo fato de terem sido gravados com câmeras de boa qualidade. Os “personagens” são bem curiosos, com “histórias de vida” interessantes, mas nenhum dura muito na memória. Para quem gosta de gatos, pode ser um passatempo delicioso ou simplesmente uma frustração.

Gatos EstrelinhaEstrelinha½
[Kedi, Ceyda Torun, 2017]

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *