A corrida pelo Oscar dá muitas voltas e, desde que eu postei minhas primeiras previsões, em 27 de novembro, muita coisa mudou. A Invenção de Hugo Cabret, que era apenas uma boa aposta, ganhou muitas menções e chega bem à reta final, mas os frontrunners de melhor filme ainda parecem ser O Artista e o excelente Os Descendentes.

Um número incerto de indicados nesta categoria complica as previsões. A Academia definiu que serão entre 5 e 10 os concorrentes a melhor filme. A conta será matemática. Os filmes precisarão alcançar uma determinada porcentagem de votos para virar finalistas. Melhor seria assumir que foi uma cagada aumentar para dez o número de vagas e voltar para os cinco candidatos costumeiros. Mesmo assim, dá para projetar algumas coisas.

Meia-Noite em Paris veio comendo pelas beiradas e também parece uma indicação certeira. Histórias Cruzadas, sucesso de bilheteria e filme-fórmula, deve emplacar também. Cavalo de Guerra ainda tem boas chances, mas só porque os indicados são mais que 5. Aposto na indicação, mas o filme não parece tão forte. Já Os Homens que Não Amavam as Mulheres ganhou um reforço impressionante e deve mesmo aparecer entre os melhores filmes.

Minhas apostas para melhor filme ficariam assim (as estrelinhas são minhas avaliações pessoais sobre a qualidade dos candidatos):

filme
Jean Dujardin
1 O Artista, Michel Hazanavicius
George Clooney
2 Os Descendentes EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Alexander Payne
Jude Law, Martin Scorsese, Asa Butterfield
3 A Invenção de Hugo Cabret EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Martin Scorsese
Woody Allen, Owen Wilson, Marion Cotillard
4 Meia-Noite em Paris EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Woody Allen
Octavia Spencer, Viola Davis
5 Histórias Cruzadas EstrelinhaEstrelinha, Tate Taylor
Steven Spielberg
6 Cavalo de Guerra, Steven Spielberg
Rooney Mara
7 Os Homens que Não Amavam as Mulheres, David Fincher

Eu pararia o número de indicados por aqui, mas caso eles sejam dez apostaria nesses para compor o time: O Homem que Mudou o Jogo, que começou bem sua campanha, parece guardar mais chances em outras categorias. Tudo pelo Poder era uma promessa, passou a corrida injustamente ignorado e ressurgiu com o Globo de Ouro. Tem chances, mas pequenas. A Árvore da Vida, a essa altura, seria uma surpresa na categoria principal.

George Clooney
8 Tudo pelo Poder EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, George Clooney
Brad Pitt
9 O Homem que Mudou o Jogo, Bennett Miller
Terrence Malick, Jessica Chastain
10 A Árvore da Vida EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Terrence Malick
alternativas: Missão Madrinha de Casamento EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Paul Feig; Tão Forte e Tão Perto, Stephen Daldry; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, David Yates; Drive EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Nicolas Winding Refn; O Espião que Sabia Demais, Tomas Alfredson.

Tão Forte e Tão Perto, além de ter perdido os prazos para ser votado pelos críticos, parece não ter empolgado quase ninguém. Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2, O Espião que Sabia Demais e J. Edgar praticamente desapareceram. Missão Madrinha de Casamento tem mais chances do que todos eles.

direção
Martin Scorses
1 Martin Scorsese, A Invenção de Hugo Cabret EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Michel Hazanavicious
2 Michel Hazanavicius, O Artista
Alexander Payne
3 Alexander Payne, Os Descendentes EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Woody Allen, Owen Wilson, Rachel McAdams
4 Woody Allen, Meia-Noite em Paris EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
David Fincher
5 David Fincher, Os Homens que Não Amavam as Mulheres
alternativas: Steven Spielberg, Cavalo de Guerra; Stephen Daldry, Tão Forte e Tão Perto.

Minhas cinco apostas são os indicados ao Directors Guild of America e essas listas quase nunca batem, mas vamos aguardar. Hazanavicious e Payne se mantêm bem fortes na disputa e recebem a companhia de Scorsese entre os frontrunners. Todos têm alguma chance de vitória. Woody Allen deve mesmo quebrar o jejum e ser indicado a melhor diretor 17 anos depois. A quinta vaga é o que se discute. Spielberg estava muito bem cotado, mas sem o DGA e o Globo de Ouro a situação fica estranha. Por isso, a indicação de Fincher, finalista do DGA, parece uma boa aposta. O Oscar tem o costume de abrir espaço para uma direção mais alternativa. Muitos ainda apostam em Terrence Malick, mas eu acho que suas chances acabaram. Já Stephen Daldry (3 filmes, 3 indicações) parece que vai falhar pela primeira vez.

ator
Hean Dujardin
1 Jean Dujardin, O Artista
George Clooney
2 George Clooney, Os Descendentes EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Brad Pitt
3 Brad Pitt, O Homem que Mudou o Jogo
Leonardo Di Caprio
4 Leonardo DiCaprio, J. Edgar
Michael Fassbender
5 Michael Fassbender, Shame
alternativas: Gary Oldman, O Espião que Sabia Demais; Ryan Gosling, Tudo pelo Poder EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

Uma categoria que parece bem fácil de prever: Dujardin, Clooney, Pitt e Di Caprio estão indicados para o SAG, o Globo de Ouro e o Critics Choice. Ou seja, não aparecerem na lista do Oscar é bem difícil. Quem parece ter mais chances para ocupar a quinta vaga é Fassbender, que concorre ao GG e ao CC, mas foi ignorado pelo SAG (que preferiu Demián Bichir). Aposto nele, mas ainda acho que a Academia pode sacar uma surpresa da manga e reconhecer que foi o ano do Ryan Gosling (e indicá-lo por Tudo pelo Poder) ou lembrar de Gary Oldman, que foi esnobado pela maioria dos prêmios de críticos apesar dos elogios a sua interpretação. Lembram do Tommy Lee Jones alguns anos atrás?

atriz
Meryl Streep
1 Meryl Streep, A Dama de Ferro
Viola Davis
2 Viola Davis, Histórias Cruzadas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Glenn Close
3 Glenn Close, Albert Nobbs
Michelle Williams
4 Michelle Williams, Minha Semana com Marilyn EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Tilda Swinton
5 Tilda Swinton, We Need to Talk About Kevin
alternativas: Charlize Theron, Jovens Adultos; Elizabeth Olsen, Martha Marcy May Marlene.

Meio difícil não ser exatamente esta lista: Streep, Williams, Davis e Swinton são finalistas ao SAG, Globo de Ouro e CC. As duas primeiras fazem figuras reais que o Oscar adora. A terceira foi a primeira frontrunner da temporada e lidera um filme de elenco. Apenas Swinton parece mais frágil justamente por seu filme ser mais “difícil”. Mesmo assim, ela goza de bastante prestígio e já inclusive ganhou um Oscar. Por sinal, essas quatro somam 20 indicações e 3 Oscars. Glenn Close, que interpreta um homem e cujo pecado foi não ser indicada ao Critics Choice (pecado light, né?), pode juntar suas 5 indicações a essa conta. Olhando para as outras possibilidades (Theron, cujo filme teve uma uma recepção morna; Olsen, que precisava de muito apoio prévio para superar sua condição de novidade; e Rooney Mara), melhor ficar com essa lista aqui.

ator coadjuvante
Christopher Plummer
1 Christopher Plummer, Toda Forma de Amor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Albert Brooks
2 Albert Brooks, Drive EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Kenneth Branagh
3 Kenneth Branagh, Minha Semana com Marilyn EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Nick Nolte
4 Nick Nolte, Guerreiro
Jonah Hill
5 Jonah Hill, O Homem que Não Mudou o Jogo
alternativas: Armie Hammer, J. Edgar; Max von Sydow, Tão Forte e Tão Perto

Curiosamente, os dois atores mais certos na disputa (Plummer e Branagh, ambos concorrentes ao SAG, aos Globos e ao Critics Choice), não me empolgaram muito. Brooks, que falhou no SAG, mas concorre ao Globo de Ouro e ao CC – e tem muita moral em Hollywood, me parece igualmente um lock. As duas vagas finais é que são as mais disputadas. Nick Nolte, finalista do SAG e do CC, é uma excelente aposta: já foi indicado duas vezes, é bastante respeitado e tem história. Jonah Hill, por sua vez, com as indicações ao SAG e aos Globos, não pode ser ignorado. As chances de Hammer são remotas, mas a Academia adora indicar casal. Quem sabe? Max von Sydow viu suas chances esvaírem, mas eu não descartaria uma surpresa. Patton Oswalt e Viggo Mortensen concorrem em outra dimensão.

atriz coadjuvante
Octavia Spencer
1 Octavia Spencer, Histórias Cruzadas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Jessica Chastain
2 Jessica Chastain, Histórias Cruzadas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Shailene Woodley
3 Shailene Woodley, Os Descendentes EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Bérénice Bejo
4 Bérénice Bejo, O Artista
Melissa McCarthy
5 Melissa McCarthy, Missão Madrinha de Casamento EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
alternativas: Janet McTeer, Albert Nobbs; Carey Mulligan, Shame.

As duas atrizes de Histórias Cruzadas, Octavia Spencer e Jessica Chastain, são as favoritas para ganhar uma indicação. Ambas concorrem ao Globo de Ouro, ao SAG e ao Critics Choice. Embor Spencer pareça preencher mais os requisitos de vencedora (papel simpático e caricato), é Chastain merece muito mais o prêmio, com sua perua ingênua e sexy, a melhor interpretação do filme. Bejo tem as mesmas indicações. Só não está melhor na corrida porque é estrangeira. McTeer não seria uma surpresa já que foi indicada ao SAG e aos Globos, mas o carisma da ótima Woodley, finalista no Globo de Ouro e no CC, mas não lembrada pelo SAG, em sua condição de revelação, me parece uma aposta melhor. McCarthy concorre ao SAG e ao CC, mas falhou nos Globos. No entanto, seu tipo popular e sua fama por “Mike & Molly” podem/devem ajudar. As chances de Mulligan minguaram e as de Vanessa Redgrave parecem ter virado pó.

Comentários

comentários

Um pensamento sobre “Oscar 2012: apostas em 11/01”

  1. Mesmo discordando mais do que concordar de algumas criticas suas,seu premio frankie está mil vezes mais justo e legal que esses ultimos anos do oscar.Discurso do rei ganhar,sandra bulluck,namorados pra sempre não levar um premio sequer,the dark knigth não ser pelo menos indicado a diretor,scorcese ganhar oscar de diretor pelo filme mais fraco de sua carreira e por compensação são alguns dos varios erros do tal ”maior premio do cinema”.e relamente chico,10 filmes é demais e por isso acontece de coisas monstruosas acontecer:um sonho possivel ser indicado a melhor filme tendo apenas indicação de atriz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *