Sight & Sound: os top tens dos cineastas

Olivier Assayas

O Espelho, Andrei Tarkovsky, 1974
2001: Uma Odisseia no Espaço, Stanley Kubrick, 1968
A Árvore da Vida, Terrence Malick, 2011
Van Gogh, Maurice Pialat, 1990
Um Condenado à Morte Escapou, Robert Bresson, 1956
A Regra do Jogo, Jean Renoir, 1939
O Evangelho Segundo São Mateus, Pier Paolo Pasolini, 1964
Ludwig, O Último Rei da Bavária, Luchino Visconti, 1971
Napoleão, Abel Gance, 1927
Play Time, Jacques Tati, 1967

Atom Egoyan

Ladrão de Bicicletas, Vittorio De Sica, 1948
Acossado, Jean-Luc Godard, 1959
8 1/2, Federico Fellini, 1963
O Poderoso Chefão, Francis Ford Coppola, 1972
Metrópolis, Fritz Lang, 1927
A Paixão de Joana D’Arc, Carl Theodor Dreyer, 1928
Persona, Ingmar Bergman, 1966
Tempo de Violência, Quentin Tarantino, 1994
2001: Uma Odisseia no Espaço, Stanley Kubrick, 1968
Um Corpo que Cai, Alfred Hitchcock, 1958

Abel Ferrara

Uma Mulher Sob Influência, John Cassavetes, 1974
Armadilha do Destino, Roman Polanski, 1966
Os Demônios, Ken Russel, 1971
Gaviões e Passarinhos, Pier Paolo Pasolini, 1966
A Hora do Lobo, Ingmar Bergman, 1968
Lolita, Stanley Kubrick, 1962
Os Esquecidos, Luis Buñuel, 1950
Ran, Akira Kurosawa, 1950
A Marca da Maldade, Orson Welles, 1958
Zero de Conduta, Jean Vigo, 1933

Hong Sangsoo

Boat Leaving the Port, Louis Lumiére
Nanook, o Esquimó, Robert J. Flaherty, 1922
Boudu Salvo das Águas, Jean Renoir
O Atalante, Jean Vigo, 1934
A Mocidade de Lincoln, John Ford, 1939
Também Fomos Felizes, Yasujiro Ozu, 1951
A Palavra, Carl Thedor Dreyer, 1955
Um Condenado à Morte Escapou, Robert Bresson, 1956
Nazarin, Luis Buñuel, 1959
O Raio Verde, Eric Rohmer, 1986

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *