Guerra Mundial Z, Marc Forster

Superprodução com Brad Pitt e bons efeitos especiais, pontos positivos, mas o filme muda radicalmente a proposta do livro de Max Brooks, em que foi baseado, que parte de uma série de relatos pós-guerra, sem protagonistas. E o pior: a direção é do problemático Marc Foster. Veremos. O filme tem estreia prevista no Brasil para o dia 28 de junho.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *