Diego Luna
Abel EstrelinhaEstrelinha
[Abel, Diego Luna, 2010]

O filme de estreia do ator Diego Luna na direção começa delicado, com uma câmera que parece buscar o enquadramento mais carinhoso do protagonista. Os primeiros muitos minutos de Abel são simpaticíssimos, genuinamente engraçados. O cineasta novato parecia ter descoberto um ponto de equilíbrio entre a sensibilidade de mostrar uma criança doente e a leveza da comédia dramática. As coisas se complicam quando o filme começa a ficar mais sério. A mudança de tom não é o problema, mas a decisão de Luna de manter o humor na mesma medida. O filme parece caçoar do próprio protagonista. O tema sério fica banalizado. Quando o diretor decide que “vamos falar sério”, o filme está meio de uma nebulosa. Para resolver as coisas, ele inventa um clímax que parece mais maneirista do que outra coisa. Pior do que isso: parece ter sido feito apenas para que o diretor criasse uma imagem.

Noomi Rapace Ola Rapace
Beyond EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Svinalängorna, Pernilla August, 2010

A premissa de Beyond é semelhante a de A Primeira Coisa Linda: filha que vive isolada precisa encarar a mãe moribunda e o passado que estava enterrado. Mas, ao contrário da leveza do longa italiano, a estreia da atriz Pernilla August na direção de longas, carrega toda a carga dramática da cinematografia nórdica. Pernilla aumenta a carga gradativamente, num movimento crescente quase musical que revela aos poucos a fragilidade da protagonista. Pernilla, além do talento para comandar a encenação (sem ranço teatral), surpreende na composição de imagens. As várias cenas da piscina, que demarcam a história, são filmadas lindamente.

Zhang Yimou
Uma Mulher, uma Arma e uma Loja de Macarrão Estrelinha
San qiang pai an jing qi, Zhang Yimou, 2009

Esse remake de Gosto de Sangue, dos irmãos Coen, é o filme mais desnecessário dos últimos tempos. Zhang Yimou transporta a trama noir para uma China de época e abraça o pastelão como projeto artístico. Pelo menos, é fiel até o final, embora raramente crie cenas engraçadas de verdade como a sequência do macarrão. O filme fica quase mudo em seu terço final, o que poderia tornar as coisas mais interessantes, mas, sem ritmo, e exagerando no modelo fake, Yimou deixa tudo enfadonho. Stephen Chow faria bem melhor.

Joachim Tier
Reprise EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
[Reprise, Joachim Tier, 2006]

Apesar da estrutura noventista, cheia de manerismos engraçadinhos na narração e na montagem, Reprise faz um belo trabalho no desenvolvimento dos protagonistas, dois amigos que tentam começar suas carreiras literárias. Joachim Tier dá bastantes texturas aos personagens, psicologicamente complexos e indefinidos. Os clichês não chegam a incomodar.

Marcélia Cartaxo, Paula Gaitán
Agreste EstrelinhaEstrelinha
[Agreste, Paula Gaitán, 2010]

Abandonei a sala vinte minutos antes de o filme acabar, portanto podem desconsiderar o que eu vou escrever. Mas Agreste me pareceu uma reunião de ideias velhas. Paula Gaitán usa Marcélia Cartaxo para versar sobre representação – Coutinho já fez melhor – enquanto faz uma viagem ao Nordeste nas mesmas imagens de sempre: rostos marcados, fitas que mostram fins de festas, vegetação árida, animais no pasto seco e rochas, muitas rochas.

Comentários curtos e primeiras impressões sobre os filmes da Mostra no Twitter

Lista com todos os filmes vistos na Mostra SP 2010

mais Mostra SP:

Indicados ao Oscar de filme estrangeiro na Mostra SP
Metrópolis, de Fritz Lang, restaurado, exibido de graça
Top 20 Mostra SP 2009

Comentários

comentários

84 comentários sobre “Mostra SP 2010: post 3”

  1. Now i am unsure whenever I ought to point out this but I absolutely disagree and so does my buddy Frank and my friend David. Did you research this effectively? I’m sorry whether it might be all of us which has incorrect, its not the 1st time this has occurred

  2. I really can’t remember how I found the site sbobet, but what I could remember is the time that I was able to meet some of my buddies from Sbobet at my beloved basketball area in my local region.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *