Saiu hoje a lista dos 65 longas que disputarão uma vaga para concorrer ao Oscar de filme estrangeiro. Alguns destaques óbvios são os indicados pela França, Un Prophete, e da Alemanha, A Fita Branca, que ganhou a Palma de Ouro em Cannes neste ano. O iraniano À Procura de Elly tem sido bastante elogiado. Samson & Delilah, da Austrália também gerou comentários positivos. O romeno Politist, Adjectiv, muito bom, não parece ter grandes chances. Mother, filme de Bong Joon-ho indicado pela Coréia do Sul, é uma incógnita pela mistura de drama e suspense. É um grande filme.

O Brasil indicou Salve Geral!, de Sérgio Rezende, que não parece muito fazer o perfil da Academia, mas como nessa categoria tudo pode acontecer, não descartem uma possível indicação. Da América Latina, outros filmes que chamam atenção são o argentino O Segredo dos Seus Olhos, do mesmo diretor de O Filho da Noiva, e o peruano A Teta Assustada, Urso de Ouro em Berlim.

Os filmes do Peru e do Brasil já entraram em circuito em território brasileiro. Na Mostra de Cinema de São Paulo, que começa na sexta-feira da semana que vem, têm exibição confirmada os selecionados por Alemanha, Austrália, Bélgica (The Misfortunates), Canadá (Eu Matei a Minha Mãe), Colômbia (As Viagens do Vento), Coréia, Irã, México (Backyard), Romênia e Uruguai (Mau Dia para Pescar). Os filmes já vistos por mim estão cotados na lista abaixo.

África do Sul, White Wedding, Jann Turner
Albânia, Alive!, Artan Minarolli
Alemanha, A Fita Branca EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Michael Haneke
Argentina, O Segredo dos Seus Olhos EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Juan Jose Campanella
Armênia, Autumn of the Magician, Rouben Kevorkov and Vaheh Kevorkov
Austrália, Samson & Delilah EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Warwick Thornton
Áustria, For a Moment Freedom, Arash T. Riahi
Bangladesh, Beyond the Circle, Golam Rabbany Biplob
Bélgica, The Misfortunates, Felix van Groeningen
Bolívia, Zona Sur EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Juan Carlos Valdivia
Bósnia e Herzegovina, Nightguards, Namik Kabil
Brasil, Salve Geral! EstrelinhaEstrelinha, Sergio Rezende
Bulgária, The World Is Big and Salvation Lurks around the Corner, Stephan Komandarev
Canadá, Eu Matei a Minha Mãe EstrelinhaEstrelinha, Xavier Dolan
Cazaquistão, Kelin, Ermek Tursunov
Chile, Dawson, Isla 10, Miguel Littin
China, Eterno Feitiço, Chen Kaige
Colômbia, As Viagens do Vento EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Ciro Guerra
Coréia, Mother EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Bong Joon-ho
Croácia, Donkey, Antonio Nuic
Cuba, Fallen Gods, Ernesto Daranas
Dinamarca, Terribly Happy, Henrik Ruben Genz
Eslováquia, Broken Promise, Jiri Chlumsky
Eslovênia, Landscape No. 2, Vinko Moderndorfer
Espanha, The Dancer and the Thief, Fernando Trueba
Estônia, December Heat, Asko Kase
Filipinas, Grandpa Is Dead, Soxie H. Topacio
Finlândia, Letters to Father Jacob, Klaus Haro
França, Un Prophete EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Jacques Audiard
Geórgia, The Other Bank, George Ovashvili
Grã-Bretanha, Afghan Star, Havana Marking
Grécia, Slaves in Their Bonds, Tony Lykouressis
Holanda, Winter in Wartime, Martin Koolhoven
Hong Kong, Prince of Tears, Yonfan
Hungria, Chameleon, Krisztina Goda
Islândia, Reykjavik-Rotterdam, Oskar Jonasson
Índia, Harishchandrachi Factory, Paresh Mokashi
Indonésia, Jamila and the President, Ratna Sarumpaet;
Irã, À Procura de Elly EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Asghar Farhadi
Israel, Ajami, Scandar Copti and Yaron Shani
Itália, Baaria, Giuseppe Tornatore
Japão, Nobody to Watch over Me, Ryoichi Kimizuka
Lituânia, Vortex, Gytis Luksas
Luxemburgo, Refractaire, Nicolas Steil
Macedônia, Wingless, Ivo Trajkov
Marrocos, Casanegra, Nour-Eddine Lakhmari
México, Backyard EstrelinhaEstrelinha, Carlos Carrera
Noruega, Max Manus, Espen Sandberg and Joachim Roenning, directors;
Peru, A Teta Assustada EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Claudia Llosa
Polônia, Reverse, Borys Lankosz
Portugal, Doomed Love, Mario Barroso
Porto Rico, Kabo and Platon, Edmundo H. Rodriguez
República Checa, Protektor, Marek Najbrt
Romênia, Politist, Adjectiv EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Corneliu Porumboiu
Rússia, Ward No. 6 EstrelinhaEstrelinha, Karen Shakhnazarov
Sérvia, St. George Shoots the Dragon, Srdjan Dragojevic
Sri Lanka, The Road from Elephant Pass, Chandran Rutnam;
Suécia, Involuntary, Ruben Ostlund
Suíça, Home EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Ursula Meier
Tailândia, Best of Times, Yongyoot Thongkongtoon
Taiwan, No Puedo Vivir sin Ti, Leon Dai
Turquia, I Saw the Sun, Mahsun Kirmizigul
Uruguai, Mau Dia para Pescar EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Alvaro Brechner
Venezuela, Libertador Morales, El Justiciero, Efterpi Charalambidis
Vietnã, Don’t Burn It, Dang Nhat Minh

Comentários

comentários

11 comentários sobre “Oscar 2010: candidatos a filme estrangeiro”

  1. Chico, é sempre bom ler seus textos, análises e comentários. E é por isso mesmo que ando numa vontade enorme de ler seus posts sobre os filmes que estão em cartaz na cidade.
    Abração.
    Demas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *