A semana de repescagem do Festival do Rio termina hoje e aqui fica meu registro final sobre o festival, que eu acompanhei por mais de três semanas. Nenhum filme conseguiu bater o mexicano que eu vi no primeiro dia de festival e que foi meu favorito desta edição. Além dele chamaram a atenção um dos melhores filmes de Michael Haneke, um memorial em forma de documentário de Agnès Varda, uma insólita releitura (ou não) de um filme de Abel Ferrara (pelo menos no conceito) feita por Werner Herzog e um épico operístico assinado por Marco Bellochio. Segue minha lista de melhores (e piores) do Festival do Rio 2009.

Fernando Eimbcke

1 Lake Tahoe, Fernando Eimbcke

Michael Haneke

2 A Fita Branca, Michael Haneke

Werner Herzog

3 The Bad Lieutenant: Port of Call, New Orleans, Werner Herzog

Agnes Varda

4 As Praias de Agnès, Agnès Varda

Marco Bellochio

5 Vincere, Marco Bellochio

Alain Resnais

6 As Ervas Daninhas, Alain Resnais

Bong Joon-ho

7 Mother, Bong Joon-ho

Quentin Tarantino

8 Bastardos Inglórios, Quentin Tarantino

Corneliu Porumboiu

9 Politist, Adjectiv, Corneliu Porumbouiu

Jane Campion

10 Brilho de uma Paixão, Jane Campion

e mais:

11 Distante Nós Vamos, Sam Mendes
12 Singularidades de uma Rapariga Loura, Manoel de Oliveira
13 Aconteceu em Woodstock, Ang Lee
14 Distrito 9, Neill Blomkamp
15 Hotel Atlântico, Suzana Amaral
16 White Material, Claire Denis
17 Abraços Partidos, Pedro Almodóvar
18 Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo, Karim Aïnouz e Marcelo Gomes
19 Boogie, Gustavo Cova
20 Sedução, Lone Scherfig

melhores atores

1 Nicolas Cage, The Bad Lieutenant: Port of Call, New Orleans
2 Christoph Waltz, Bastardos Inglórios
3 Burghart Klaussner, A Fita Branca
4 André Dussolier, As Ervas Daninhas
5 Ben Foster, The Messenger

melhores atrizes

1 Kim Hye-ja, Mother
2 Blanca Portillo, Abraços Partidos
3 Imelda Staunton, Aconteceu em Woodstock
4 Allison Janney, Distante Nós Vamos
5 Giovanna Mezzogiorno, Vincere

melhor cena

A canção no meio da floresta em Morrer como um Homem

melhor canção

“I Just Called to Say I Love You”, Porco Cego Quer Voar

piores filmes

1 Insolação, Daniela Thomas e Felipe Hirsch
2 A Casa Nucingen, Raoul Ruiz
3 Boy, Auraeus Solito

outros filmes do festival:

35 Doses de Rum, Claire Denis
(500) Dias com Ela, Marc Webb
Adam, Max Mayer
Amália, Carlos Coelho da Silva
American Boy, Martin Scorsese
American Prince, Tommy Pallotta
O Amor Segundo B. Schianberg, Beto Brant
Amreeka, Cherien Dabis
Antes que o Mundo Acabe, Ana Luiza Azevedo
Aquário, Andrea Arnold
Barba Azul, Catherine Breillat
Uma Barragem contra o Pacífico, Rithy Panh
Carmel, Amos Gitai
Coco Antes de Chanel, Anne Fontaine
Coco Chanel & Igor Stravinsky, Jan Kounen
Como Desenhar um Círculo Perfeito, Marco Martins
Cornucópia, Juan Carlos Tabio
Corações em Conflito, Lukas Moodysson
A Criada, Sebastian Silva
Deuses, Josué Méndez
O Dia da Transa, Lynn Shelton
Doce Perfume, Andrzej Wajda
An Englishman in New York, Richard Laxton
Erótica Aventura, Jean-Claude Brisseau
Eu, Ela e Minha Alma, Sophie Barthes
Eu Matei a Minha Mãe, Xavier Dolan
A Física da Água, Felice Farina
Julie & Julia, Nora Ephron
O Lar das Borboletas Escuras, Dome Karukoski
London River, Rachid Bouchareb
Luisa, Gonzalo Calzada
Mais Tarde Você Vai Entender, Amos Gitai
Maradona, Emir Kusturica
Marching Band, Claude Miller
The Messenger, Oren Moverman
Mommo, Atalay Tasdiken
Morrer como um Homem, João Pedro Rodrigues
Nova York, Eu Te Amo, vários
Parada, Marco Pontecorvo
Pequeno Soldado, Annette K. Olesen
Porco Cego Quer Voar, Edwin
Purgatório, Roberto Rochin
O Rei da Fuga, Alain Guiraudie
Ricky, François Ozon
Sede de Sangue, Chan-wook Park
Séraphine, Martin Provost
Os Tempos de Harvey Milk, Rob Epstein
The Time That Remains, Elia Suleiman
Tokyo!, Bong Joon-ho, Leos Carax e Michel Gondry
Viagem aos Pirineus, Arnaud Larrieu e Jean-Marie Larrieu
Uma Vida Nova em Folha, Ounie Lecomte

Comentários

comentários

3 comentários sobre “Top 20: Festival do Rio 2009”

  1. Bela lista. Do seu top 20, vi A Fita Branca, Mother, Abraços Partidos, Brilho de uma Paixão, Distante Nós Vamos, Sedução, Bastardos, Vincere e Distrito 9. Adoro o do Haneke, do Bong Joon-Ho, do Tarantino e do Bellochio. Acho o da Campion fraco, um porre. An Education é uma decepção. Os outros são bons.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *