Noah Baumbach quase entrou na minha lista de piores filmes do ano com sua baboseira chamada Enquanto Somos Jovens, assim como Morten Tyldum e seu O Jogo da Imitação, mas teve coisa pior. E eu não estou falando de algumas das coisas mais óbvias como Busca Implacável 3, A Casa dos Mortos e a space opera mais calculadamente ruim dos últimos tempos, O Destino de Jupiter. Entre os meus piores, alguns filmes celebrados na última edição do Oscar, alguns indiezinhos manjados e algumas promessas de bilheteria que não se concretizaram. Todos me incomodaram muito mais do que os filmes ruins “clássicos” pela pretensão, pelos maneirismos ou pela falta de vergonha na cara mesmo. Deixem suas listas de piores nos comentários, mas com educação pra que elas sejam publicadas.

Quarteto Fantástico

10 Quarteto Fantástico
[Fantastic Four, Josh Trank, 2015]

Ou como estragar 50 anos de história e quatro das melhores personagens dos quadrinhos.

Eu Estava Justamente Pensando em Você

9 Eu Estava Pensando Justamente em Você
[Comet, Sam Esmail, 2014]

A segunda coisa hipster mais chata do universo de 2015.

Cala a Boca, Philip

8 Cala a Boca, Phillip
[Listen Up, Philip, Alex Ross Perry, 2014]

A coisa hipster mais chata do universo de 2015.

Love

7 Love
[Love, Gaspar Noé, 2015]

Honrando uma história de pretensões e desacertos.

Grace de Mônaco

6 Grace de Mônaco
[Grace of Monaco, Olivier Dahan, 2014]

Simplesmente inócuo.

Pixels

5 Pixels
[Pixels, Chris Columbus, 2015]

O filme que poderia ser o mais legal do mundo se não fosse o mais sem graça do ano.

Sob o Mesmo Céu

4 Sob o Mesmo Céu
[Aloha, Cameron Crowe, 2015]

Cameron Crowe perdeu o encanto, a graça, a melodia.

Caminhos da Floresta

3 Caminhos da Floresta
[Into the Woods, Rob Marshall, 2014]

Uma sessão de tortura até para quem gosta de musicais.

Invencível

2 Invencível
[Unbroken, Angelina Jolie, 2014]

Nem os Coen salvam este naufrágio no oceano da breguice.

A Teoria de Tudo

1 A Teoria de Tudo
[The Theory of Everything, James Marsh, 2014]

Todos os maneirismos, todos os maniqueísmos, toda a falta de cinema.

Comentários

comentários

50 comentários sobre “Top 10: os piores filmes de 2015”

  1. Meu caro Chico, sua lista dos piores filmes faz parecer que este ano a safra de filmes foi maravilhosa, o que não é verdade. Não vou falar das obras que não ví, mas o seu pior filme do ano é uma produção realizada com competência e muito profissionalismo, mas que infelizmente foi dirigida e roteirizada sem nenhuma criatividade e brilho. Em resumo, você escolheu como pior filme do ano um filme que é mediano. Existe na sua lista alguns outros filmes que, assim como o primeiro colocado, nem de longe são ruins, sendo filmes obviamente medianos (mediocres). Se dissermos que o mediocre é ruim, os ruins e incompetentes vão achar que são medianos e os medianos vão achar que são bons. Você deu um tiro no pé com essa lista de “piores”. Pode haver sub-divisões, mas existe, basicamente , o RUIM, o FRACO, o MEDÍOCRE (mediano), o BOM, o MUITO BOM e o ÓTIMO (excelente). Certa vez o crítico Regis Tadeu espinafrou o famoso e medíocre grupo ROXETTE, mas um colega lembrou a Régis Tadeu que era melhor para a arte ele não fazer isso, pois se não excrescências musicais como Mr. Catraca e outras ruindades absolutas iriam se achar no nível do ROXETTE (que é composto por profissionais competentes).
    Meu caro, mediano não é ruim, nunca foi e nunca será. Uma lista dos piores filmes deve ser constituida de filmes ruins e não de filmes medianos. Um filme que resulta medíocre pode ser uma grande decepção quando o projeto inicial é bom e promissor, mas, se ele consegue ser medíocre isso quer dizer que a obra não é ruim. Finalmente, para ser um profissional medíocre não é fácil não, pois é preciso ser realmente competente no seu ofício. O profissional acima da média é superior ao mediocre por ter uma criatividade e inventividade maiores. Colocar mediocridade competente no mesmo nível da fraqueza e no mesmo nível da ruindade incompetente é um absurdo. Um abraço.

  2. O cinema é uma arte e como toda arte tem que ser estudada para ser criticada, voce pode até gostar de um filme por que tem perseguições e explosoes ou por que fez voce se emocionar, mas existe muito mais coisas atras disso, dizer que um filme é otimo ou pessimo sem nem saber o porque é meio vazio né…

  3. Ótima lista. À exceção de “Pixels”, “Quarteto Fantástico” e “Cala a Boca, Phillip” vi todos. E, na verdade, são mesmo filmes meia-boca. Só senti a falta de “Cinquenta Tons de Cinza”. Minha lista de piores é essa aqui:

    1. 3 Corações
    2. O Exterminador do Futuro: Gênesis
    3. Terceira Pessoa
    4. Hacker
    5. O Último Ato
    6. Invencível
    7. O Segredo das Águas
    8. Vingadores: Era de Ultron
    9. Cinquenta Tons de Cinza
    10. Antes de Dormir

  4. O Pixel, poderia ser trocado por PIXIES, a banda, faria muito mais sucesso.
    Bem sobre o filme, perderam oportunidade de explorar os games dos anos 80, elaborar melhor o roteiro do filme para se atentar a isso. Faltou Pitfall e River Raid no elenco, kkkk.

  5. Discordo do primeiro lugar. A Teoria de Tudo está na minha lista dos 10 melhores filmes de 2015!!! Esse ano achei muito bom, desde 2010/2011 não assistia a vários filmes tops no cinema.

  6. Me surpreendi vendo a Teoria de Tudo na lista, e o pior em 1º lugar!!! achei o filme mto bom, não sei se é pq não conhecia a história do físico ou se meu gosto por filme é mto diferente dos “sábios” críticos.

  7. 10 – Não assisti mas deve ser ruim mesmo. Totalmente desnecessário esse filme.
    9 – ñ assisti
    8 – ñ assisti
    7 – ñ assisti
    6 – ñ assisti
    5 – Mais chato ainda para quem é fã de videogames.
    4 – ñ assisti
    3 – ñ assisti
    2 – Discordo. Ótimo filme, baseado em fatos reais.
    1 – ñ assisti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *