Categoria: Mostra SP

Mostra SP 2015: meu diário de bordo – post 3

A Terra e a Sombra [La Tierra y la Sombra, César Augusto Acevedo, 2015] Existem pelo menos dois cinemas muito tentadores na América Latina: o cinema do exotismo, que explora a curiosidade do cotidiano de comunidades específicas, ainda isoladas ou simplesmente desconhecidas de boa parte do mundo, e o cinema social, que denuncia situações de […]

Mostra SP 2015: meu diário de bordo – post 2

Dheepan [Dheepan, Jacques Audiard, 2015] O mais interessante em Dheepan é a proposta de formar uma família com pessoas que não se conhecem. Homem, mulher e filha que nunca haviam se visto, mas que são forçados a fingir que são parentes para escapar de um Sri Lanka em guerra. O filme de Jacques Audiard realmente […]

Mostra SP 2015: meu diário de bordo – post 1

Son of Saul ½ [Saul Fia, László Nemes, 2015] A principal diferença entre Son of Saul e os outros filmes sobre o Holocausto é que a câmera de László Nemes está sempre interessada em vivos, não em mortos. O húngaro não tenta fazer mais uma denúncia histórica, prefere não deixar outra opção para o espectador […]

Mostra SP 2015: todos os filmes vistos

Desde que eu desci do ônibus vindo de Maceió em 1999, não consegui mais largar São Paulo. Mesmo morando longe durante um bom tempo, outubro foi sempre época de arrumar as malas e partir pra um circuito de salas entre a Avenida Paulista e as ruas Augusta e Frei Caneca, com direito a algumas adjacências. […]

Acima das Nuvens

O novo filme de Olivier Assayas se arrisca em tantas camadas que é realmente surpreendente que ele seja tão bem resolvido. Juliette Binoche interpreta Maria Enders, atriz de sucesso convidada para fazer uma nova montagem da peça que a lançou, mas desta vez em vez de viver a personagem jovem que a consagrou, caberá a […]

Mostra SP 2014: post dezoito

A Ilha dos Milharais [სიმინდის კუნძული / Simindis Kundzuli, George Ovashvili, 2014] Não sabemos de onde vêm e quem são os protagonistas de A Ilha dos Milharais. Eles nunca aparecem fora do cenário que dá título ao filme, a não ser quando estão chegando de barco ao lugar ou coletando mandeira na outra margem do […]

Mostra SP 2014: post dezessete

A História da Eternidade ½ [A História da Eternidade, Camilo Cavalcante, 2014] As mesas de almoço são fartas em A História da Eternidade. O sertão do filme de Camilo Cavalcante é tão árido quantos os outros sertões da ficção, mas não é a fome ou a miséria que está em questão. O longa fala de […]

Mostra SP 2014: post dezesseis

Um Pombo Pousou num Galho Refletindo sobre sua Existência  [En Duva Satt på en Gren och Funderade på Tillvaron, Roy Andersson, 2014] O cinema de Roy Andersson tem uma fórmula que se repete: seus filmes são formados por esquetes de humor nonsense que geralmente preparam o espectador para uma mensagem ou um questionamento final. O […]

Mostra SP 2014: post quinze

Minha Amiga Victoria ½ [Mon Amie Victoria, Jean-Paul Civeyrac, 2014] A vida de Victoria não tem capítulos diferentes da história de qualquer pessoa. Encontros, reencontros, despedidas. Maridos, namorados, filhos. Em determinada cena do filme, a amiga da protagonista diz que ainda vai escrever um livro sobre ela. E ouve: “minha vida não tem nada demais”. A […]