Top 10 atores coadjuvantes que ganharam o Oscar

Listar meus dez atores coadjuvantes preferidos entre os vencedores do Oscar foi uma tarefa bem difícil. Tive que cortar três nomes que estão entre meus preferidos da última pré-relação. Por sinal, estou seriamente inclinado a concluir que esta é, entre as quatro de elenco, a categoria de onde saíram as melhores interpretações premiadas com o Oscar nos últimos tempos. Lembrando que Bardem, Ledger e Waltz ganharam em anos consecutivos (e Bale, que por pouco não entrou, foi o vencedor seguinte). Estes são meus dez favoritos nos momentos em que eles ganharam o prêmio:

10 Kevin Spacey, Os Suspeitos
[The Usual Suspects, Bryan Singer, 1995]

9 Charles Coburn, Original Pecado
[The More, The Merrier, George Stevens, 1943]

8 Joel Grey, Cabaret
[Cabaret, Bob Fosse, 1972]

7 Martin Landau, Ed Wood
[Ed Wood, Tim Burton, 1994]

6 George Sanders, A Malvada
[All About Eve, Joseph L. Mankiewicz, 1950]

5 Christoph Waltz, Bastardos Inglórios
[Inglourious Basterds, Quentin Tarantino, 2009]

4 Javier Bardem, Onde os Fracos Não Têm Vez
[No Country for Old Men, Joel & Ethan Coen, 2007]

3 Christopher Walken, O Franco-Atirador
[The Deer Hunter, Michael Cimino, 1978]

2 Heath Ledger, Batman – O Cavaleiro das Trevas
[The Dark Knight, Christopher Nolan, 2008]

1 Robert De Niro, O Poderoso Chefão – Parte II
[The Godfather – Part II, Francis Ford Coppola, 1974]

Comentários

comentários

9 comentários sobre “Top 10 atores coadjuvantes que ganharam o Oscar”

  1. Concordo plenamente que é bem difícil escolher uma lista dos melhores atores coadjuvantes que ganharam o Oscar, com uma grande lista de atuações marcantes. As atuações desta lista são todas memoráveis. Eu teria incluído o Sean Connery, que foi efusivamente ovacionado em 1988, num dos grandes momento da história do Oscar. Também me veio à cabeça Tommy Lee Jones por O Fugitivo, mas é gosto pessoal. De Niro por The Godfather Part II, não tem nem o que falar, é number one, sempre.

  2. Martin Landau ganhou de Samuel L. Jackson que fez Pulp Fiction, um dos melhores filmes de todos os tempos e que quase não ganhou nada no Oscar. As vezes a premiação acerta, mas quando erra, erra feio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *