Tag: Festival do Rio 2005

Festival do Rio 2005: dia 7

Depois de 14 dias no Rio de Janeiro, cheguei a São Paulo e já garanti meus ingressos para a Mostra. Por sinal, a programação ainda não está disponível, mas a listagem completa de filmes já pode ser consultada no site, na sessão “filmes”, por ordem alfabética e pelo nome do diretor. Last Days, do Gus […]

Festival do Rio 2005: dia 5

Uma Vida Iluminada, de Liev Schreiber. O filme de estréia de Schreiber, bom ator, na direção é uma mistura de bobagem-fofinha e filme-plástico que se vende pela estranheza. Há certa identificação com o carinho com que o diretor conduz a trama, mas não há méritos maiores no filme. Senhor Vingança, de Park Chan Wook. Park […]

Festival do Rio 2005: dia 4

Sra. Henderson Apresenta, de Stephen Frears. Frears se rende aos light-hearted movies numa aposta não muito impossível para o Oscar. O filme se apóia em estereótipos clássicos (a velhota impossível, a frente de seu tempo – Judi Dench, num timing absurdo para a comédia – que encontra um homem durão para confrontá-la) e não traz […]

Festival do Rio 2005: dia 2

Café da Manhã em Plutão, de Neil Jordan. Neil Jordan num equilíbrio perfeito entre o escracho de sua personagem central e a melancolia. O escracho desemboca numa série de liberdades estético-artísticas, como os passarinhos que apresentam a história e o clima farsesco no devaneio do protagonista como agente secreto. A melancolia surge em cenas solitárias, […]

Festival do Rio 2005: dia 1

O Método, de Marcelo Piñeyro. Piñeyro, que já foi ótimo em Cinzas no Paraíso (1997), recorre à claustrofobia para dar o tom de seu novo filme, que parece querer criar situações-limite para investigar o interior de suas personagens. Bem, a investigação, se há, é rasa, e o filme se prende a um modelo de “descubra […]